Conecte-se Conosco

negocios

Carro elétrico: soluções em carregamento beneficiam comércio, residências e condomínios, explica Douglas Andrade

Publicado

em

O mercado de carros elétricos no Brasil viveu uma acelerada expansão desde de 2023. Segundo dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), entre janeiro e novembro, a soma de modelos 100% elétricos, híbridos e híbridos plug in que foram emplacados totalizou 77.648 unidades. É um crescimento de 78% em relação ao mesmo período do ano passado (43.658).

Na mesma proporção em que aumenta o número de veículos eletrificados circulando nas ruas do País, cresce a demanda por infraestrutura de recarga. Isso tanto em residências — casas e condomínios — como em estabelecimentos comerciais em geral.

Além disso, uma estação de recarga pode ser um importante diferencial para a atração de novos clientes e a fidelização da clientela. Um hotel, por exemplo, pode disponibilizar um ponto de carregamento para seus hóspedes como diferencial frente à concorrência na região.

Com a chegada dos carros elétrico carregado com energia solar vem revolucionar o setor, pensando nisso entrevistamos o empresário Douglas Andrade atuante no mercado fotovoltaico desde 2011 com empreendedores que acreditam na evolução do mercado de energia no Brasil com mais de 2700 sistemas implantados no país explica como esse mercado vem sendo lucrativo para todos. Em um depoimento ele explica:

Se o motorista possuir um sistema fotovoltaico, o custo de carregamento da bateria será bem mais baixo e pode até ser zerado.

Brasil tem grande potencial para carro elétrico ser carregado com energia solar. A fonte solar de energia é a opção mais econômica e ecológica para o abastecimento do carro elétrico. Nos últimos anos, os EVs vêm se tornando uma opção mais popular entre os consumidores, principalmente europeus, devido ao fato de a radiação solar ser uma fonte de energia limpa e renovável. De acordo com dados da Agência Internacional de Energia (IEA), o Brasil já se encontra entre os 20 países com maior capacidade instalada de energia solar do mundo. A procura por sistemas fotovoltaicos tem sido crescente assim como em relação aos carros elétricos e híbridos.

Isso porque a energia solar oferece benefícios em termos de sustentabilidade e economia. Um carro movido a gasolina ou etanol tem um gasto semanal para encher o tanque. No entanto, quando a pessoa opta por um carro elétrico movido por energia solar, tudo o que ela precisa se preocupar é com o carregador e com a luz do sol. A energia vinda dos raios solares são praticamente inesgotáveis, além de não gerar resíduos que poluem a atmosfera.

Vemos isso como uma revolução para o nosso planeta que está gritando por socorro, visto que a cada dia está mais degradado. E a nossa missão é contribuir para essa melhora”, afirma Douglas.

Para o comércio, mais do que agradar uma parcela dos seus clientes, disponibilizar uma estação de recarga veicular pode representar uma oportunidade de negócio. Estabelecimentos que disponibilizam vagas de estacionamento, como supermercados, hotéis e restaurantes, dentre outros, podem ter um bom incremento do faturamento.

Mas, como isso acontece? Em primeiro lugar, a empresa pode optar por realizar a cobrança pela recarga. “É uma chance de gerar uma renda extra para o estabelecimento, independente do seu ramo de atividade”, explica Douglas Andrade “As recargas podem ser cobradas por kWh ou por minuto, diretamente por meio de um aplicativo para smartphone, cuja operação é fácil e intuitiva. Há ainda a opção de liberação da operação por meio de cartões RFID.”

Além disso, uma estação de recarga pode ser um importante diferencial para a atração de novos clientes e a fidelização da clientela. Um hotel, por exemplo, pode disponibilizar um ponto de carregamento para seus hóspedes como diferencial frente à concorrência na região.

“Seria um potencial critério de decisão para os donos de veículos elétricos escolherem a melhor opção de hospedagem”, afirma Douglas. “As estações de recarga têm potencial para gerar mais faturamento para o estabelecimento. Há, inclusive, casos em que esse incremento justifica que as recargas não sejam cobradas.”

Outro benefício, intangível, mas muito importante, é o fortalecimento da imagem corporativa perante os consumidores. “Os carregadores simbolizam o compromisso com o futuro da mobilidade e do planeta, incentivando o uso de energia limpa dos carros eletrificados”, analisa a executiva. “Além disso, cada ponto de recarga é uma colaboração direta para a construção de uma infraestrutura que atenda às necessidades do cenário urbano brasileiro.”

Saiba mais sobre o especialista entrevistado Douglas Andrade e seus trabalhos no link abaixo.

https://www.instagram.com/douglas.andrade?utm_source=ig_web_button_share_sheet&igsh=ZDNlZDc0MzIxNw==

Continue lendo

negocios

Projeto de educação financeira alcança mais de 900 pequenos negócios em três meses

Publicado

em

De

Ações fazem parte da primeira etapa do programa destinado a disseminar educação financeira entre microempreendedores

O Centro de Apoio aos Pequenos Empreendimentos (Ceape Brasil) lançou, em janeiro de 2024, o Projeto 13º Empreendedor e, em apenas 3 meses, ajudou 956 microempreendedores brasileiros a impulsionarem seus negócios através da educação financeira. O programa foi criado para orientar os gestores, individualmente, sobre temas como potencialização de vendas pela Internet, aprimorar o atendimento ao cliente e otimização de fluxo de caixa. Divididas em cinco dias de ações intensivas, as visitas das equipes do CEAPE aconteceram no período de 13/01 a 13/04. Esta foi apenas a primeira etapa do projeto que, até o final deste ano, pretende impactar cerca de 3.600 pequenos negócios.

“Nossa meta é realizar, em média, cerca de 300 consultorias por mês, e estamos contentes com os números alcançados logo no início. Temos muita convicção de que este trabalho cuidadoso, planejado para orientar os clientes através de um atendimento personalizado, irá fornecer todo o conhecimento necessário para melhorar os resultados de cada um deles”, afirma Claudia Cisneiros, diretora-executiva do Ceape Brasil.
Durante a primeira etapa, as equipes de assessores de crédito tiveram suas atuações nos Estados do Maranhão, Pará, Ceará e Tocantins, dividindo em seis regionais: Amazônica, Ceará, Centro-Oeste, Cocais, Norte e Tocantina.

De acordo com o balanço do Ceape Brasil, 24% das ações realizadas, até o momento, se concentram na Regional Cocais e 23% na Regional Centro Oeste, sendo a soma quase metade das consultorias.

Cada sessão foi focada em um tema: Atendimento ao Cliente (13/01), Vendas pela Internet (20/01 e 17/02), Fluxo de Caixa (09/03) e Gestão Financeira (13/04). A diretora executiva do Ceape Brasil explica as abordagens apresentadas aos microempreendedores.

“Na sessão dedicada ao Atendimento ao Cliente, as consultorias cumpriram um papel de aprimoramento das práticas comerciais dos participantes, desde o fechamento de negócios até ações de suporte. Já as visitas focadas em práticas comerciais pela Internet e potencialização do alcance dos serviços e produtos decorreram durante dois dias, sendo o tema mais trabalhado. As últimas sessões foram destinadas a ensinar o funcionamento do fluxo de caixa e a importância de mecanismos como as planilhas eletrônicas e separação das finanças pessoais e empresariais, entre outros, para o sucesso de um negócio”, explica Claudia Cisneiros.

A empreendedora Carla Leandra Cartagenes, proprietária de uma loja de artesanato e bijuteria em São Luís, no Maranhão, foi uma das clientes que receberam a consultoria do Ceape. Ela já decidiu colocar em prática as estratégias de vendas pela internet. “Achei o projeto muito interessante e vou começar a explorar cada vez mais os meus produtos, selecionando eles da forma correta para melhorar a minha forma de buscar novos clientes. Sou grata pela visita e pela preocupação em nos conhecer enquanto empreendedores”, diz.

Presente no Maranhão, Ceará, Pará, Tocantins e São Paulo, o Ceape Brasil conta com 21 mil clientes ativos, ou seja, com empréstimos em andamento. A instituição é especializada na concessão de microcrédito produtivo, que une empréstimo à educação financeira dos tomadores e já concedeu mais de R$2,5 bilhões em crédito, beneficiando cerca de 1,5 milhão de empreendedores, principalmente na região Nordeste.

Continue lendo

negocios

Diogo Batista: Da Falência à Redenção Tecnológica

Publicado

em

De

Como a Determinação e a Inovação Transformaram a Vida de um Empreendedor

Diogo  Batista enfrentou tempos difíceis quando seu negócio desmoronou sob o peso de dívidas esmagadoras. A falência não apenas consumiu suas economias, mas também o deixou em um estado de desespero e depressão. No entanto, foi durante esse período sombrio que Diogo encontrou uma faísca de esperança na tecnologia.

Inicialmente, ela serviu como uma distração, mas à medida que ele se envolvia com comunidades online, percebeu que poderia usar a tecnologia para reconstruir sua vida e ajudar outros a evitar as armadilhas que ele havia enfrentado. Com determinação renovada, Diogo Batista lançou startups que refletiam sua jornada pessoal e sua missão de trazer inovação e mudança positiva. Hoje, ele olha para trás e vê suas lutas como lições valiosas, lembrando-nos de que a resiliência é a chave para o sucesso. Será que Diogo Batista nos surpreenderá com um “unicórnio” (uma startup de grande sucesso) em breve?

Continue lendo

negocios

A Jornada de Diogo Batista: Como a Tecnologia Transformou um Jovem em Empreendedor de Sucesso

Publicado

em

De

Diogo Batista, um jovem de origens humildes, vivia uma vida comum em sua pequena cidade. A tecnologia não fazia parte de seu cotidiano, e o mundo das startups parecia distante. No entanto, após enfrentar uma fase desafiadora de depressão, Diogo encontrou na tecnologia um refúgio e uma fonte de inspiração.

Durante sua recuperação, ele descobriu um talento natural para entender e criar soluções tecnológicas. O que começou como um hobby logo se tornou uma paixão avassaladora. Diogo Batista mergulhou no estudo autodidata de programação, design de produto e estratégias de negócios. Sua curiosidade se transformou em conhecimento e seu conhecimento em ação.

Com o tempo, Diogo lançou várias startups, cada uma prometendo inovação e mudança. Ele não apenas superou a depressão, mas também usou sua experiência para impulsionar uma carreira notável. Hoje, com dezenas de startups no currículo, Diogo é um exemplo vivo de como a adversidade pode ser um catalisador para o sucesso.

Agora, olhando para o futuro com esperança e determinação, a pergunta que fica é: “Será que Diogo Batista nos surpreenderá com um unicórnio em breve?”

Continue lendo
Propaganda

Destaque