Conecte-se Conosco

negocios

Contratar neurodivergentes não é obrigação nem favor, é impulsionar resultados

Publicado

em

Por Anderson Belem (*)

Não é incomum vermos empresas levantarem a bandeira da inclusão e diversidade, buscando contratar pessoas de diferentes raças, gêneros, culturas. Agora, parece entrar na moda, o assunto da neurodiversidade. Não, não deveria ser nem bandeira, nem moda, deveria ser um princípio.

Afina, a pergunta que sempre fica quando vemos notícias assim é se a chance dada a todos é realmente uma chance de desempenhar bem sua função na empresa e demonstrar resultados ou apenas a marca se apresentando como cool? Seria apenas um favor a estes profissionais ou a busca de estar em conformidade com a lei e cumprir cotas? O S de social do ESG é real ou fake?

Não sou fã de moda, nem de bandeiras estereotipadas. E me atrevo a dizer que o movimento de inclusão das pessoas neurodivergentes deveria passar muito longe disso. Afinal, a diferença no pensar e agir traz novas visões sobre o negócio e soluções que não podem ser encontradas por pessoas que pensam dentro da caixa.

Mas, antes de mais polêmica, vamos entender o que significa ser neurodivergente. O conceito da neurodiversidade é recente e foi proposto pela socióloga australiana Judy Singer em 1998. Ele se baseia na ideia de que as pessoas que apresentam um funcionamento neurocognitivo diferente do padrão comum não devem ser consideradas doentes ou com transtorno.

Atualmente, aproximadamente 15% da população mundial é classificada como neurodivergente. São pessoas que, em situações específicas, respondem de forma diferente daquilo que seria esperado, o que pode provocar até mesmo dificuldades de adaptação. Como exemplo, temos dislexia, TEA, TDAH e síndrome de Tourette.

Atrair e reter talentos neurodivergentes não deveria ser um favor, muito menos uma política para estar em conformidade com a exigência de cotas, mas um princípio para as empresas que desejam ter uma performance acima da média. Falo isso como um empresário neurodivergente diagnosticado com TDAH e Altas Habilidades/SD Criativo Produtivo apenas aos 40 anos.
Hoje olho para trás e vejo que durante toda minha vida escolar e carreira profissional trilhei um caminho repleto de mal-entendidos e oportunidades perdidas até a fundação da Otimiza Benefícios. A startup nasceu justamente da minha visão diferente das coisas que levou a reengenharia no modelo de benefício do vale-transporte, poupando milhões de recursos que eram desperdiçados anualmente. Será que em seu quadro de colaboradores não há uma ideia neurodivergente sendo desperdiçada?

Apenas para ilustrar, o relatório, “a diversidade vence: como a inclusão é importante”, produzido pela McKinsey em 2020, demonstra que as equipes neurodivergentes superam as homogêneas em 36%, em termos de rentabilidade.

A neurodiversidade deve ser vista como um aspecto valioso da sociedade, não como um obstáculo a ser superado ou um favor para com pessoas doentes, pois não se trata disto. Integrar profissionais neurodivergentes é uma forma de trazer novas visões, inovações e alavancar o negócio. Mas também requer um planejamento cuidadoso e sensível. Os colegas de trabalho precisam ser educados e preparados para acolher estas pessoas de maneira efetiva e respeitosa.

É preciso desmistificar a neurodivergência no mercado de trabalho e apresentar os benefícios da pluralidade e diversidade acima de tudo. A verdadeira superação reside em aceitar nossas singularidades e entender que a inovação nasce da diversidade.

*Anderson Belem é CEO da Otimiza

Continue lendo

negocios

Celebrando o mês das noivas: a importância do bolo de casamento e a arte do cake Design

Publicado

em

De

Curso oferece formação adequada para atuar nesse promissor mercado

Maio é um mês marcado por amor e celebrações, pois é tradicionalmente conhecido como o “mês das noivas”. Neste período, os casais planejam cada detalhe de seu grande dia e um elemento essencial que não pode faltar é o bolo de casamento. Por trás dessas obras de arte está a habilidade e criatividade do cake design, profissionais que transformam sonhos em realidade.

Mais do que uma simples sobremesa, o bolo de casamento é um símbolo de união e amor entre o casal. Desde tempos antigos, ele tem sido uma peça central nas festividades matrimoniais, muitas vezes decorado com símbolos de sorte e prosperidade.
Selecionar o bolo de casamento perfeito é uma tarefa que demanda tempo e cuidado. Os noivos desejam que o bolo reflita sua personalidade e estilo, além de harmonizar com o tema da cerimônia. Aqui é onde entra o talento do cake design, profissionais eficientes da confeitaria.

O cake design é uma arte que combina habilidades técnicas com criatividade. Profissionais dessa área dominam técnicas de confeitaria avançadas para criar bolos que impressionam não apenas visualmente, mas também pelo sabor.

“O bolo de casamento é uma parte importante e precisa ser pensado em todos os detalhes” relata Glaucio Athayde, CEO do Instituto Gourmet Brasil.

O Instituto Gourmet destaca-se como a maior rede de franquias especializada em cursos de gastronomia no Brasil. A instituição oferece uma oportunidade única para empreendedores aprimorarem suas habilidades e transformarem sua paixão em uma carreira de sucesso. Dentre os cursos oferecido pela rede está o Cake Designer, que abrange desde técnicas básicas até avançadas. Com isso, os participantes adquirem o conhecimento necessário para criar bolos e doces impressionantes e deliciosos. “No decorrer do curso, são ensinadas todas as técnicas essenciais para que os profissionais possam se destacar nesse segmento”, conclui Glaucio.

Para saber mais acesse: https://institutogourmet.com/cursos/cake-designer/

Continue lendo

negocios

Advogada Gaúcha – Tatiana Tavares Fracasso – lança Canal no YouTube com Conteúdos Jurídicos

Publicado

em

De

Tatiana Tavares Fracasso, advogada gaúcha determinada, aguerrida e forte. Com 47 anos de idade, casada e mãe de três filhos, tem expandido sua atuação profissional de forma significativa nos últimos anos. Formada em Direito pela UNISINOS (Universidade do Vale do Rio dos Sinos) e pós-graduada em Direito Previdenciário pela ESMAFE (Escola Superior da Magistratura Federal de Porto Alegre) e em Direito de Família e Sucessões pela UCS (Universidade de Caxias do Sul), Tatiana tem se destacado na área jurídica, especialmente em Bom Princípio, onde fundou o escritório Tavares e Fracasso Advocacia.

Há mais de 12 anos atuando na profissão, Tatiana sempre demonstrou comprometimento com o direito das mulheres, sendo uma figura ativa no Conselho dos Direitos das Mulheres em sua cidade. No entanto, a advogada resolveu ampliar seus horizontes em 2020, iniciando um trabalho remoto que lhe permitiu atender clientes de todo o Brasil. A pandemia de COVID-19 acelerou essa transição para o mundo digital, uma mudança que Tatiana considera um marco transformador em sua carreira.

“Percebi um mundo de oportunidades e que posso alcançar e ajudar muitas pessoas”, afirma Tatiana. Com essa visão, ela decidiu lançar um canal no YouTube, no qual semanalmente abordará diversas áreas do direito, oferecendo conteúdos práticos e objetivos. “Meu maior propósito é ajudar pessoas, e isso é extremamente gratificante”, explica. A advogada também pretende compartilhar dicas para outros profissionais que desejam se inserir no mundo digital e alavancar suas carreiras.

Tatiana enfatiza que sua profissão lhe permite resolver questões familiares complexas e ajudar clientes a conquistarem a aposentadoria desejada, tanto no âmbito do direito de família quanto no previdenciário. “Sou comprometida com meu trabalho e apaixonada pela minha profissão”, declara.

Para acessar os conteúdos de Tatiana Tavares Fracasso, os interessados podem seguir seu perfil no Instagram @tatianatavaresfracasso (https://instagram.com/tatianatavaresfracasso) e seu canal no YouTube Tatiana Tavares Advogada.

Continue lendo

negocios

“Quem lê e escreve a própria história, voa”, inspira a Economista, Michelle Barbosa

Publicado

em

De

Nesta série de entrevistas que homenageia as mulheres do nosso país, entrevistamos a economista roraimense Michelle de Oliveira Barbosa. Nascida em abril de 1988, lançou recentemente um livro independente voltado para estudantes e pesquisadores. O livro Técnicas de Pesquisa e Escrita, oferece orientações práticas desde a preparação de monografias até a elaboração de teses de doutorado.

Na entrevista concedida, a pesquisadora fala da história da sua carreira e como esse trabalho é importante para o nosso país. Com mais de uma década de experiência como economista no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), Michelle explica sobre a importância de um bom profissional da área em uma instituição de ensino. Unir a economia, a educação e a metodologia do ensino foi um grande aprendizado.

 

“A Economia é uma área que pode ser um instrumento para melhorar socialmente a vida das pessoas. Busca-se entender quais são os problemas econômicos, sociais e políticos e, assim, é possível fazer projetos, elaborar políticas que visem a solucionar essas questões e promover um país mais próspero e justo. Percebi que ser economista é dar uma contribuição para que se tenha um desenvolvimento do país, construir uma história genuína e deixar um legado para gerações. Inspirar outras histórias de vida, de crescimento e de sucesso faz parte do meu propósito.

Quando percebo que minha jornada na pesquisa, escrita, publicação de artigos e outros trabalhos pode contribuir de alguma forma para a melhoria da sociedade, considero isso um avanço importante. É isso que me motiva. Busco dar essa contribuição para a sociedade. Às vezes, é um um pequeno passo em um conjunto de contribuições, de melhorias, mas busco fazer a minha parte como economista nesse lado social, compartilhando meus conhecimentos junto com minha trajetória de vida”. Comenta Michelle!

 

Michelle também está expandindo sua atuação educacional através do desenvolvimento de cursos online de desenvolvimento pessoal e profissional. Com especialização em Metodologia do Ensino na Educação Superior, mestra em Desenvolvimento Regional da Amazônia e atualmente doutoranda em Ciências do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Michelle possui uma sólida trajetória acadêmica e profissional. Além de seu trabalho como economista, ela já ocupou cargos de gestão no IFRR e colaborou com projetos do Instituto Federal do Amazonas (IFAM). Michelle também contribuiu para a academia com a publicação de capítulos de livros na Editora UFRR e artigos científicos em revistas internacionais. Agora, decidida a compartilhar seu conhecimento adquirido ao longo de sua carreira acadêmica, ela lança seu primeiro livro independente, oferecendo insights valiosos e práticos para estudantes e pesquisadores.

Saiba mais sobre a especialista no link abaixo!
https://www.instagram.com/michelleo.barbosa?igsh=cjY5M285b2piZ21m

Continue lendo
Propaganda

Destaque