Conecte-se Conosco

Entretenimento

Maratone agora: todos os episódios da comédia romântica “Coaching do Amor” já estão disponíveis no YouTube

Publicado

em

Prontos para maratonar? Trazendo histórias atrapalhadas sobre relacionamentos amorosos e garantindo muitas risadas, a websérie de comédia romântica “Coaching Do Amor” já conta com todos os oito episódios disponíveis gratuitamente no YouTube. Com roteiro, direção e protagonismo de Fernanda Sanches, o projeto independente também já acumula prêmio em festival internacional.

A trama conta histórias de mulheres de diferentes idades em situações hilárias e cativantes. Bárbara Avelar (Fernanda Sanches) é uma Coach de relacionamentos que ensina mulheres a serem bem sucedidas no amor. Mas, enquanto ela lida com as aventuras de suas clientes, sendo elas: a romântica Mônica (Giulia Nadruz),  a ousada Vanessa (Biah Ramos), a ingênua Cláudia (Aline Carrocino) e a moderna Márcia (Andrea Dupré), também enfrenta dificuldades em seguir suas próprias regras após uma crise com seu marido (Daniel Pennisi) abalar o seu casamento. 

“Coaching do Amor” se desenvolve de forma bem humorada e apresenta diferentes conflitos de Bárbara e suas coachees, em aventuras e desventuras de amor onde muitas mulheres podem se reconhecer. Coragem, crescimento pessoal,  sonhos e muita reflexão são algumas das características que definem a comédia romântica. Para a roteirista, “Coaching do Amor” deixa uma mensagem final muito mais ampla e diversa do que a mesma imaginou quando idealizou a série. 

“Acredito que a mensagem principal da série é sobre nos libertarmos de crenças limitantes e irmos além. Continuar sendo quem somos, amando do jeito que a gente ama, mas não presos a uma única forma de pensar. Muitas vezes aquilo que a gente acredita que vai nos fazer feliz, é o que está prendendo a gente. Estou sendo bem coach agora (risos), mas acredito que a série fala sobre isso: não limitar nossos sonhos, e sim nos abrirmos para as infinitas possibilidades que o mundo nos oferece”, pondera a roteirista e protagonista Fernanda Sanches

Para Adriana Calabró, que atuou como colaboradora no roteiro, a trama desempenha um papel crucial no universo do humor ao convidar à reflexão. “A paródia do que acontece na internet, com esses milhares de coachs falando sobre tudo, nem sempre com tanta propriedade, é super válida se faz pensar. A gente gosta da humanidade da Bárbara e não da vontade dela de ser perfeita. Talvez o caminho para a gente se dar bem na vida, incluindo no amor, seja esse: investir mais na autenticidade”, afirma a colaboradora. 

Giulia Nadruz, que interpreta Mônica, acredita que a série veio para mostrar que todos são capazes. “Acho que, enquanto mulheres, de qualquer idade, escolha sexual ou personalidade, podemos criar a vida que a gente quiser, sem depender de ninguém pra isso. E que é o processo de autoconhecimento e de auto-amor que faz isso acontecer. A gente tem que se apoiar e  esse apoio é muito importante, mas especialmente essa confiança em si, esse amor próprio e o autoconhecimento são as chaves para o sucesso pessoal”.

De acordo com Biah Ramos, que dá vida à ousada Vanessa, o projeto deixa um recado de amor. “Todos buscam amor, mulheres são amor, amor é a vida. Minha personagem é uma lunática em busca do amor! É sempre bom ver um trabalho ser realizado, desde sua gravação até a montagem, muitas coisas mudam, você nunca sabe qual será o resultado final, mas acredito que a websérie cumpriu seu papel muito bem e ficou linda”, aponta a atriz.

Com um feedback super positivo por parte do público, o elenco também não cansa de elogiar o resultado final do projeto. “Eu tinha muita curiosidade para saber como estava ficando, qual ia ser esse resultado e fiquei muito impactada. A série tem uma qualidade impressionante, qualidade técnica de som, de atores, tudo”, afirma Aline Carrocino, que dá vida à personagem Cláudia. “Acho que a série deixa claro que devemos acreditar na gente, seguir os nossos valores, as nossas crenças… Porque é isso, não existe fórmula, segredo e nem uma maneira correta. Apenas devemos fazer o bem, acreditar na gente e logo as coisas acontecem”. 

“Uma das partes mais legais de quando a gente realiza uma obra, é ver que o que você criou na sua cabeça, na sua imaginação, tomou forma e agora é uma obra artística com outras pessoas envolvidas. Ver que chegou no público e que ele ressignifica a obra que assiste. Porque o olhar do público acrescenta e muda também cada obra que a gente faz. É um ciclo completo de troca e de conexão. Para mim, isso é muito forte e é a missão principal do que eu faço. É muito gratificante”, finaliza a diretora e roteirista Fernanda Sanches

Prêmio Internacional

Mesmo antes da estreia, o projeto esteve entre os indicados e premiados na seleção oficial do Rio Webfest 2022, maior festival internacional de webséries do mundo. “Coaching do Amor” concorreu como “Melhor Elenco de Comédia”, e disputou na categoria técnica como “Melhor Roteiro de Comédia”, na qual foi a vencedora.

A trama agora já está disponível por completo no YouTube. Clique aqui! E também dá para acompanhar mais novidades e notícias sobre o projeto no Instagram oficial da série: @coachingdoamorwebserie

 

Entretenimento

Trevisan homenageia Rita Lee com participação de Rita Cadillac

Publicado

em

De

Artista realiza tributo musical à Rainha do Rock brasileiro em seu primeiro ano de falecimento

O cantor e compositor mineiro Roberto Trevisan abraçou o desafio de prestar homenagem a Rita Lee, a Rainha do Rock Brasileiro, cujo legado é permeado por elementos transformadores que alimentaram e moldaram os sonhos (e rebeldia) de toda uma geração. Em sua composição intitulada “Padroeira da Liberdade”, Trevisan ousa expressar sua admiração a Rita Lee, que desafiou a onda moralista e conservadora da época, além de enfrentar com ousadia, veemência e bravura a ditadura e as normas patriarcais do país.

“Padroeira da Liberdade” reverencia a artista por sua contribuição transformadora à música e à sociedade e conta com a participação especial da ex-chacrete Rita Cadillac.

Trevisan, conhecido por suas composições que enaltecem saudosas figuras brasileiras, destaca nesta canção a faceta de Rita Lee como defensora dos animais. Com versos cativantes e um refrão que incita à alegria, o artista une-se a Rita Cadillac para formar uma ode à diva do rock nacional.

A escolha de Rita Cadillac para esta homenagem se deu em função da amizade de longa data entre as duas artistas, que resultou na gravação de ‘Rita canta Rita’ por Cadillac, com músicas selecionadas pela própria Rita Lee. A gravação de “Padroeira da Liberdade” ocorreu nos estúdios de Roosevelt, em New Jersey.

A produção da música ficou a cargo do ex-baixista da banda Bon Jovi, Dan Skye, responsável pelos trabalhos de mixagem, edição e masterização.

Ao unir suas vozes, Trevisan e Rita Cadillac transmitem toda a sua emoção e alegria através da música. Essa união, pontuada com irreverência, traz a homenagem e vibe de uma das principais (e mais queridas) cantoras de rock, revolucionária, imortalizada, cuja imagem icônica, com seus cabelos lisos, franja e tingidos de vermelho, permanece viva na memória coletiva.

O lançamento de “Padroeira da Liberdade” representa uma celebração à vida e à carreira de Rita Lee, bem como uma homenagem à sua trajetória artística e à sua contribuição à música brasileira.

Sobre Roberto Trevisan

Roberto Trevisan é um renomado cantor, compositor e produtor musical brasileiro que já participou de diversos festivais de música no Brasil e no exterior, lançando seu primeiro álbum, “De volta”, em 2002. Desde então, lançou mais cinco discos, sendo o mais recente, “Resgatando sonhos”, de 2022.

Acompanhe seu trabalho em https://www.instagram.com/robertotrevisanoficial?igsh=NmNuN2o4ZjlucW42

Continue lendo

Entretenimento

“Mamãe é Grátis”: Magic City lança promoção para o mês de maio

Publicado

em

De

Maio é um mês repleto de amor e celebração, especialmente pela celebração do Dia das Mães. Para tornar a data ainda mais especial, o Magic City, complexo de lazer localizado em Suzano, na Grande São Paulo, preparou a promoção: “Mamãe é Grátis no Magic!”.

A direção do complexo de lazer, que conta com o quarto parque aquático mais visitado do Brasil, traz os detalhes da oferta: cada mamãe terá acesso gratuito ao parque, desde que esteja acompanhada por uma qualquer pessoa pagante.

A mãe não precisa ir ao parque acompanhada do filho (a), mas deve apresentar algum documento que comprove a maternidade, como certidão de nascimento ou RG do filho (a), original ou cópia.

Cada pagante tem direito a liberar apenas um acesso gratuito. A promoção não se aplica a ingressos “Baby” nem a outras promoções ou cupons. Todas as condições podem ser consultadas no site do complexo de lazer.

A promoção especial vale somente durante o mês de maio de 2024, nos dias em que o parque estiver aberto ao público. Interessados em participar devem adquirir o ingresso do acompanhante com a sinalização da oferta até o dia 28 de abril de 2024, pelo site Magic City (loja.magiccity.com.br). A oferta é limitada, com apenas 500 ingressos gratuitos disponibilizados para as mães por dia.

Sobre o Magic

O Magic City é um destino de lazer completo, projetado para toda a família. Com uma variedade de atrações para todas as idades, o parque oferece piscinas de ondas, rio lento, toboáguas e até mesmo piscinas cobertas e aquecidas, alcançando temperaturas de até 40ºC. Além disso, o complexo conta com opções de hospedagem, lanchonetes e restaurantes, garantindo uma experiência única para os visitantes.

Serviço

Site: http://www.magiccity.com.br

Informações:

Parque – (11) 4746-5803

Pousadas – (11) 4746-5805

Continue lendo

Beleza

1º FESTIVAL DE CINEMA DE XERÉM ANUNCIA OS FILMES SELECIONADOS.

Publicado

em

De

27 curtas-metragens de sete estados brasileiros concorrem ao Troféu Zeca Pagodinho

Evento acontece   08 a 11 de maio | Gratuito .

O Festival de Cinema de Xerém anuncia os selecionados de sua primeira edição, que acontece de 08 a 11 de maio, no Centro de Convenções John Wesley, em Xerém, Duque de Caxias (RJ). Ao todo, foram escolhidos 27 curtas-metragens de sete estados brasileiros (RJ, PR, SP, DF, BA, PE, ES), sendo 12 filmes dirigidos por mulheres.

 

As mostras competitivas Cinema Leva Eu, Fluminense e Baixada de Curtas, Nacional de Curtas, e Mostra Especial da Crítica, irão premiar com o Troféu Zeca Pagodinho as seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Montagem, Melhor Atriz, Melhor Ator. Os filmes selecionados para as mostras concorrerão também na categoria Júri Popular e ao Prêmio Edna Fujii, este último dará ao vencedor um prêmio de  R$10 mil em locação de equipamentos.

 

Na Mostra Cinema Leva Eu foram selecionados 10 curtas produzidos por alunos formados pela Escola Brasileira de Audiovisual (EBAV). São eles: 9 Horas em Deodoro, de Dorgo DJ, Carnaval Caos, de João Pedroza, Dandara, de Felipe Coelho, Fnm – A Vila de Operários, de Maria Carolina Gomes, Na Risca, de Mozá, Ninguém Via, de Gabriel Leal , Odisseia Fluminense, de Mateus Carvalho, Pé de Cabra, de Bruno Santiago, Quem Faz o Rio, de Victória Dias, Uma Questão de Ética, de Marcelo Ribeiro

 

A Mostra Fluminense e Baixada de Curtas traz quatro títulos que exploram temáticas sociais, pessoais e cômicas feitas por realizadores da Baixada Fluminense. Os selecionados são Caxiense F.C., de Marcos Faria, Elas Por Elas, de Renata Silva, Minha Vida É Uma Série, de Taisa Alves Santos, e Pássaro Memória, de Leonardo Martinelli

 

Cinco filmes que abordam temas variados, como questões sociais, suspense e amizade foram selecionados na Mostra Nacional de Curtas. São eles:  Emerenciana, de Larissa Nepomuceno(PR), Firmina, de Izah Neiva (SP), Ligação Anônima, de Thiago Mendes (SP), a animação Quintal, de Mariana Netto (BA), e Lubrina, de Vinícius Fernandes Gonçalves, Leonardo Vaz Dias Hecht (DF).

 

Já a Mostra Especial da Crítica apresenta uma coleção de oito obras, enfocando uma variedade de temas sociais, culturais como Água Viva, de Gabriela Araujo, Deivison Bruno (RJ), Cartas Para Nossas Netas, de Julia Flor Duarte (RJ), Chamado, de Tulio Beat (PE), Como Matar Uma Boneca, de Alek Lean (RJ), Divina, de Flaviane Damasceno (RJ),  Emaranhadas, de Lara Sartório Gonçalves, Mariana Souza Costa (ES),  Rei Davi, de Misa Gonçalo (RJ), e Vermelho-oliva, de Nina Tedesco (RJ)

O festival contará também com uma programação diversificada, incluindo exibições de filmes dos homenageados desta edição, a atriz Regina Casé e o cineasta Hsu Chien, além de uma oficina, masterclasses e encontros com realizadores. Estas ações contribuem para o desenvolvimento e fortalecimento do cenário audiovisual brasileiro, sobretudo para a Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

 

Com a direção geral de Sérgio Assis, direção executiva de Emerson Rodrigues e direção de programação de Monica Trigo, o festival é uma realização da EBAV (Escola Brasileira de Audiovisual) em parceria com o Instituto Zeca Pagodinho. Apoio da Naymovie, Rádio Serra Verde 98,7 FM e Telecine. Apoio cultural da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de Duque de Caxias.

 

Serviço:

 

1º Festival de Cinema de Xerém

De 08 a 11 de maio

Local: Centro de Convenções John Wesley – Av. Venância, 17 – Xerém, Duque de Caxias – RJ| Gratuito

www.festivaldexerem.com.br

 

Continue lendo
Propaganda

Destaque